Inscrições abertas para catequese 2021

Previsão é que os encontros ocorram a partir de março, no formato virtual.  Novos catequizandos precisam ter no mínimo seis anos e não há idade máxima para solicitar sacramentos

A pastoral Catequética da Paróquia Santa Maria dos Pobres dá início neste
sábado, 23 de janeiro, às inscrições para turmas de 2021. Os interessados podem ir presencialmente até a matriz ou fazer a inscrição online. A previsão é que os encontros ocorram a partir de março, no formato virtual.

Os novos catequizandos precisam ter no mínimo seis anos e não há idade máxima para solicitar sacramentos. Para se inscrever, é necessário entregar cópias da certidão de nascimento ou do RG, do comprovante de residência e da lembrança de Batismo (se já for batizado). Além disso, é solicitado uma taxa de R$ 10. O valor arrecadado será usado para cobrir os custos da Catequese como xerox de livros e materiais de papelaria.

Até 13 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas, a secretaria da Paróquia receberá a documentação. Aos sábados, em frente ao salão paroquial, haverá plantão da pastoral Catequética, das 9h às 11h30 e das 14h30 às 17h.

No caso daqueles que optarem pela inscrição online (https://bit.ly/2LWmxjj), as cópias e a taxa deverão ser entregues em março. As datas e os horários serão divulgados futuramente.

Assim que o período de inscrições for finalizado, catequistas entrarão em contato para informar do início dos encontros e dar outras orientações.

Turmas de 2020

Os pais ou responsáveis que fizeram a inscrição de crianças no ano passado não precisam repeti-la. Os meninos e meninas e adultos que já fazem parte de uma turma também devem aguardar contato do catequista para orientações de como funcionará os encontros deste ano.

Texto: Dayane dos Santos.

Pároco destaca o papel da comunidade nos 30 anos da paróquia

Durante a homilia na missa em homenagem ao aniversário da paróquia, padre Miguel Prieto afirmou que a igreja precisa ser luz para a cidade

“A paróquia é a comunidade”. Foram com essas palavras que o pároco Miguel Prieto relembrou os 30 anos da Paróquia Santa Maria dos Pobres nesta quarta-feira (6/1). Durante a homilia na Santa Missa, em homenagem ao aniversário da igreja, o pároco destacou o papel de todos os paroquianos e padres.

Fazendo referência ao evangelho do dia, que falava também sobre as multidões que se reuniam para escutar Jesus, Padre Miguel lembrou do grande número de fiéis nas celebrações na cidade.

“Como dizia o evangelho, uma multidão sempre. Aqui no Paranoá também. Multidão na Via Sacra, nas missas campais, nos começos das capelas, na época em que a nossa paróquia adotou a então capela Nossa Senhora Auxiliadora, hoje paróquia no Condomínio Entre Lagos e tantas outras”, citou.

O padre ainda lembrou os sacerdotes que passaram pela paróquia, como o Dom Francisco, e a importância das pastorais.

“Tudo faz parte da história da salvação que Deus tem feito para essa cidade”. Para o pároco, a igreja precisa ser uma luz para o Paranoá. “É tudo para uma finalidade. Qual a finalidade? Que estas multidões, que estão como ovelhas sem pastor, vejam em nós, dentro da arca, uma luz”, destacou.

30 anos

A paróquia completou na quarta-feira 30 anos na quarta-feira. Em 6 de janeiro de 1991, o então arcebispo de Brasília, cardeal José Freire Falcão, elevou a pequena comunidade, que pertencia até então à Paróquia São Pedro de Alcântara, à sede paroquial.

Texto: Juliana Andrade

Paróquia celebra três décadas de criação nesta quarta-feira (6/1)

Data será comemorada com uma Santa Missa. Pároco espera festejar o aniversário em um momento mais oportuno

Criada em 06 de janeiro de 1991 pelo então arcebispo Dom Falcão, a Paróquia completa 30 anos de evangelização nesta quarta-feira (6/1). Para celebrar a data, a igreja convida a comunidade para participar da Santa Missa, às 19h, na paróquia. Celebração também será transmitida pelas redes sociais.

A Paróquia nasceu em um barraco de madeira um ano após a instalação da cidade do Paranoá. O então Arcebispo de Brasília, Cardeal José Freire Falcão, elevou a pequena comunidade à sede paroquial, com o Decreto Nº 3/91, emanado da Mitra Arquidiocesana de Brasília. A Paróquia Santa Maria pertencia, canonicamente, à Paróquia São Pedro de Alcântara, no Lago Sul. Neste mesmo dia foi nomeado o primeiro pároco, o reverendíssimo padre Francisco de Paula Victor (falecido em 21 de novembro de 2018, aos 83 anos de idade).

Hoje, a comunidade conta quatro capelas: Santa Rita e São José, no Paranoá; São José de Anchieta, no Paranoá Parque; e a Santa Gianna Baretta Mola, no Hospital Regional do Paranoá.  A história da Paróquia está intimamente ligada à vida religiosa e social dos moradores da cidade. São milhares de matrimônios, batismos, crismas e até sepultamentos realizados por meio dos presbíteros e do corpo pastoral da igreja.

Em virtude das restrições impostas pela pandemia da covid-19, o pároco da comunidade, Miguel Prieto, explicou que aguarda um momento oportuno para a realização de comemorações e solenidades em comemoração à criação da Paróquia Santa Maria dos Pobres.

Paróquia inicia nesta quinta-feira as celebrações das vésperas de Natal

O momento de oração ocorrerá todos os dias, até a próxima quarta-feira (23/12), às 19h, na matriz. Acompanhe também pelo YouTube.

O Natal se aproxima e a igreja se prepara para comemorar o nascimento de Jesus Cristo. Neste momento de espera, a oração é fundamental. A partir desta quinta-feira (17/12), a Paróquia Santa Maria dos Pobres promove na matriz a reza das vésperas. Os encontros ocorrerão até a próxima quarta-feira (23/12), às 19h, antes da Santa Missa.

Devido à pandemia da covid-19, este ano, a paróquia não vai fazer a tradicional novena de Natal. Para que o momento de preparação não passasse em branco houve a mudança.

Para participar, assim como nas celebrações, é obrigatório o uso de máscaras. Para aqueles que não podem acompanhar pessoalmente, as vésperas serão transmitidas pelo canal da Paróquia no YouTube.

Serviço

Vésperas de Natal
Quando: a partir de quinta-feira (17/12), às 19h
Onde: Paróquia Santa Maria dos Pobres

Acompanhe também pelo canal: youtube.com/santamariadospobres

Texto: Juliana Andrade

Paróquia Santa Maria dos Pobres completa nove meses de transmissão online das missas

Nove voluntários são responsáveis por levar as celebrações eucarísticas da Paróquia Santa Maria dos Pobres até a casa dos fiéis da comunidade do Paranoá. Em abril, devido à pandemia da covid-19, foi criada uma equipe para cuidar das transmissões das missas pelo canal da igreja no Youtube e pela página no Facebook. O objetivo é que os paroquianos que fazem parte dos grupos de risco não fiquem desassistidos.

“A forma presencial nunca será substituída, mas neste tempo difícil que vivemos, este método de transmissão foi fundamental para que a Palavra chegasse a nossa comunidade”, afirma o padre Rafael Enrique Macedo.

Nas terças a sextas-feiras, às 19 horas, aos sábados, às 18 horas, e aos domingos, às 20 horas, a equipe se reveza para fazer as transmissões e não falhar com o público que, quase que diariamente, aguarda por um momento de paz e de conexão com Deus.

Para a voluntária Marília Borges o trabalho acolhe aqueles que mais sofrem com o distanciamento social e as restrições impostas pelo novo coronavírus.

“Uma idosa me disse o quão era importante para ela poder assistir as missas da sua própria paróquia, e, que mesmo que virtualmente se sentia acolhida. Foi nesse instante que eu percebi que o que a equipe estava fazendo era ir além das telas, era expressar o amor de Cristo.” Marina Borges, também voluntária e irmã de Marília, acredita que os recursos online são mais uma forma de evangelizar. “As pessoas interagem, comentam no chat ao vivo e demostram estar felizes em receber a igreja no conforto do lar. É mais uma ferramenta de união”, diz.

Durante esses noves meses de transmissões por plataformas de comunicação, também foram exibidas as cerimônias de Corpus Christi, de Primeira Eucaristia das turmas da Pastoral da Catequese, do Dia de Nossa Senhora Aparecida e de Finados. Assim como serão transmitidas as de preceito do Natal, em 24 de dezembro, às 19 horas, e de comemoração ao nascimento de Jesus Cristo, no dia 25, às 8h, 10h e 20 horas, todas na matriz.

A equipe da transmissão é composta pelos integrantes:
Douglas Alves Silva Marques
Henrique Camelo Quenino
Jhonnata Correia Novaes
Marcos Hiroshi Souza Mori
Maria Madalena Camelo Quenino
Marilia Borges
Marina Borges
Marina Luiza Simão Santos
Mayra de Jesus Souza Silva

Canais
Para assistir às missas pelo Youtube, basta acessar youtube.com/santamariadospobres. Já pelo Facebook, a página é facebook.com/santamariadospobres. Acompanhe, curta e compartilhe!

Texto: Dayane dos Santos

Igreja inicia tempo litúrgico de preparação para o Natal

Pároco fala da importância da vida em comunidade e de se manter vigilante aguardando a vinda de Cristo

Desde o último domingo (29/11), a Igreja Católica vive o tempo litúrgico do Advento, período dedicado à preparação cristã para o Natal. Durante este tempo, toda a comunidade cristã é convidada a praticar a oração incessante, o jejum e a caridade por meio da ajuda aos mais necessitados, como forma de se preparar para o nascimento de Jesus.

Neste período, as cores das vestimentas dos padres (roxo), os ritos da Igreja e toda a vida da comunidade refletem o momento de esperança no nascimento do Cristo Salvador.

Durante a missa desse domingo, o celebrante Miguel Prieto, pároco da comunidade,  ressaltou a importância do Cristão cultivar a esperança na volta de Cristo e de ser vigilante e responsável com relação às próprias ações.

“O Advento é um tempo de espera e de esperança. Não sabemos quando Deus visitará a nossa vida. Por isso, devemos permanecer vigilantes, em oração e com esperança na vinda desse Cristo, que pode acontecer a qualquer momento. Deus nos criou para ter a vida eterna, por isso devemos ficar atentos. Devemos assumir as nossas responsabilidades como Cristãos para não nos desviarmos do caminho certo”, explicou o padre.

O sacerdote ainda associou a vida do católico ao evangelho do dia. O trecho da Bíblia fala sobre um patrão que ao sair e deixou os empregados cuidando das tarefas até a sua volta.

“Todos os Cristãos, todos os batizados, são estes empregados aos quais Evangelho se refere e a quem o patrão, que representa Deus, distribuiu as suas tarefas” ensinou o pároco.

A Coroa do Advento

No templo da Paróquia Santa Maria dos Pobres, os fiéis podem contemplar as quatro velas (três roxas e uma rosa) que compõem a “Coroa do Advento” (foto).  Em cada domingo uma dessas velas será acesa durante a missa. Nos dois primeiros finais de semana, serão acesas as velas roxas. A primeira representa o perdão que é dado a Adão e Eva; a segunda, a fé dos Patriarcas, recordando a esperança que eles tiveram; No terceiro acende-se a vela rosa, que representa a humanidade e a alegria. Por fim, o quarto domingo do Advento é dedicado ao Rei Davi, que celebrou a Aliança com Deus.

Texto: Dionisio Neto

 

 

Paróquia realiza quatro missas dedicadas aos fiéis falecidos

A Paróquia Santa Maria dos Pobres realizou ao longo desta segunda-feira, 2 de outubro, quatro missas dedicadas ao Dia de Finados, na matriz. A data, na qual visitamos túmulos e fazemos orações e preces, é uma homenagem àqueles que partiram desta vida.

A comunidade cristã se reúne para interceder pelas almas que estão no purgatório, para relembrar daqueles que estão no Reino dos Céus e para meditar sobre a caminhada de fé diante de Deus.

“A morte é um mistério. Por isso, devemos viver o agora e não o amanhã. É necessário deixar o pecado e alcançar a conversão, pois temos de estar prontos para nos encontrarmos com o Pai, afinal ninguém sabe quando ocorrerá este momento”, disse o pároco padre Miguel Prieto durante a homília da celebração das 20h. O sacerdote também destacou que é preciso pensar habitualmente na morte. “Assim, nos prepararemos para volta do Senhor, na graça de descansar em paz.”

Houve uma prece em especial por aqueles que perderam a vida devido a pandemia da covid-19, doença que vem afligindo famílias em todo o mundo. As missas ocorreram em vários horários justamente para garantir a segurança dos fiéis, respeitando as normas sanitárias e o distanciamento social.

Indulgências plenárias

A Penitenciária Apostólica emitiu decreto estendendo durante todo o mês de novembro as indulgências plenárias para os fiéis falecidos. Ou seja, as pessoas podem visitar cemitérios e rezarem na igreja pelos mortos ao longo do mês e não apenas em 2 de novembro. A medida é para evitar aglomerações e a disseminação do novo coronavírus nos locais.

Doentes, idosos e aqueles que por motivo grave não possam sair de casa, poderão obter a indulgência plenária, desde que se unam espiritualmente a todos os demais fiéis, diante de uma imagem de Jesus ou da Santíssima Virgem Maria e rezem orações piedosas pelos defuntos como Laudes e Vésperas do Ofício dos Defuntos, o Rosário (terço) Mariano, a Coroa (ou terço) da Divina Misericórdia, a leitura meditada do Evangelho ou realizem uma obra de misericórdia, oferecendo à Deus as dores e as dificuldades de sua própria vida.

Oração pelos fiéis falecidos

Deus de amor, de bondade e de compaixão, marcados pela saudade daqueles que se foram, voltamos para Vós nosso coração, repleto de tristeza, mas também de esperança. Sabemos que a morte não tem a última palavra sobre nós. Vosso Filho Jesus, ressurgindo dos mortos, deu a vida a todo ser humano. Nós cremos na vida e não na morte. Por isso, Pai Santo, queremos agradecer por tudo de bom que nos destes neles. Que sua memória permaneça entre nós como uma bênção. Perdoai-lhes os pecados, acolhei-os junto a Vós e consolai nosso coração com a esperança da vida que não se acaba. Amém!

Cerca de 180 crianças da catequese receberam o sacramento da Eucaristia este ano

Alguns catequizandos também receberam o Batismo. Grupo continua na catequese se preparando para a Crisma

Cerca de 180 crianças da catequese receberam o sacramento do batismo e/ou eucaristia este ano na paróquia Santa Maria dos Pobres. As celebrações ocorreram nas últimas semanas e foram concluídas neste domingo (1º/11). A última turma recebeu o sacramento na missa das 17h.

A conclusão dos sacramento foi celebrada no dia da festividade de todos os santos. Durante a homilia, o padre Rafael Enrique destacou que todos somos convidados à santidade e Cristo, presente na Eucaristia, ajuda todos a serem mais santos. Aos catequizandos, lembrou que eles estavam recebendo pela primeira vez um alimento diferente.

“É um alimento de vida: Jesus Cristo. E esse Cristo vivo dentro de nós, nos ajuda a ser diferentes, a ser santos. Os santos são pessoas que decidiram viver diferente, porque eles descobriram que estar com Deus é melhor que qualquer coisa”, disse. O celebrante ainda aconselhou as crianças a fazerem a graça de Deus crescer cada vez mais, agora vindo às missas receber Jesus.

Um momento especial

O Batismo e a Eucaristia são dois dos sete sacramentos da igreja católica. No Batismo, as crianças nascem para igreja e na Eucaristia recebem o corpo de Cristo. Para receber os sacramentos, as crianças se preparam por cerca de dois anos na catequese.

Para a catequizanda Sofia, receber o corpo de Cristo pela primeira vez foi um momento muito especial.

“Eu estava nervosa no começo, mas depois fiquei tranquila. Foi muito bom”, afirmou.

Devido à pandemia, as crianças permanecem nas mesmas turmas e acompanham a catequese online. Assim que possível, todas serão encaminhadas para as turmas de perseverança ou Crisma, de acordo com a idade de cada um.

Texto:  JULIANA ANDRADE

Horários das missas no dia de Finados

As missas ocorrerão em quatro horários: 08h; 10h; 17h; e 20h. Todas na Matriz.

Neste ano a Paróquia Santa Maria dos Pobres realizará quatro missas dedicadas ao dia de Finados (08h 10h 17h e 20h), todas na matriz. O objetivo é garantir que os fiéis da comunidade celebrem a data de forma segura, respeitando as normas de segurança sanitária e distanciamento mínimo entre os participantes.

Além disso, a Penitenciária Apostólica emitiu um decreto estendendo durante todo o mês de novembro, as indulgências plenárias para os fiéis falecidos, com a adequação das obras e condições para garantir a segurança dos fiéis. Clique no link abaixo e saiba mais:

Indulgências plenárias para os fiéis falecidos se prorrogarão durante todo o mês de novembro

 

Crianças recebem Primeira Eucaristia e Batismo

Sacramentos estavam agendados para maio, mas foram adiados devido à pandemia. Celebrações ocorrem respeitando as normas sanitárias de distanciamento social e limite de participantes

A Primeira Eucarístia é um momento especial para os católicos. Nos próximos dias, as crianças da catequese da Paróquia Santa Maria dos Pobres receberão o corpo de Cristo pela primeira vez. As celebrações iniciaram neste sábado (10/10) e seguem ao longo do mês de outubro e início de novembro. Cerca de 180 catequizandos receberão os sacramentos.

Durante a missa deste sábado, o pároco da comunidade, padre Miguel Prieto, destacou que os sacramentos são o ínicio de uma caminhada e ressaltou o papel da família.

“Alguns tem idade para as turmas de crisma, mas é importante os pais e padrinhos presentes continuarem passando a fé cristã a estas crianças em casa. Continuem rezando, venham para as missas e se confessem sempre que possível”, disse.

 

As Eucaristias e os Batismos estavam agendados para maio, mas devido à pandemia da covid-19 foram adiados. Agora, os sacramentos ocorrem obedecendo às normas sanitárias, mantendo o limite de pessoas presentes nas missas e os distanciamento social entre os paroquianos. Para isto, as celebrações foram divididas por turmas e os Batismos não estão sendo feitos por imersão  — na pia batismal —, mas por aspersão.

 

Para a coordenadora da catequese, Pollyanna Lemos, é uma alegria poder voltar a celebrar os sacramentos.

“É apenas o início de vários que virão. É uma felicidade maior ainda poder dizer a essas crianças, responsáveis e padrinhos que elas precisam continuar a caminhada na igreja. Uma caminhada que é eterna, rumo à santidade e ao céu”, afirmou.

 

Os sacramentos ocorrerão às 10h, aos sábados, e nas missas das 17h, aos domingos, além do dia 12/10, às 10h. Devido ao limite de pessoas que podem participar das missas presencialmente, a equipe da paróquia orienta a comunidade dar preferência às celebrações em outros horários. Os sacramentos também serão transmitidos pela internet.

Para evitar aglomerações, as celebrações são transmitidas pelas redes sociais da Paróquia.

Datas dos sacramentos

10/10 (sábado) – missa das 10h

11/10 (domingo) – missa das 17h

12/10 (segunda-feira) – missa das 10h

17/10 (sábado) – missa das 10h

18/10 (domingo) – missa das 17h

24/10 (sábado) – missa das 10h

25/10 (domingo) – missa das 17h

31/10 (sábado) – missa das 10h

1/11 (domingo) – missa das 17h

Texto:  JULIANA ANDRADE